Apesar de não haver uma receita universal que conduza a vida financeira das pessoas, muitos buscam seguir uma fórmula mágica que acabe resolvendo todos os problemas, principalmente quando o assunto é Quitar Dívidas.

O grande problema é que não há uma receita universal que funcione para todos. Tendo isso em vista, darei aqui algumas dicas que podem ou não surtir efeito em sua vida financeira e te auxiliar a organizar as finanças.

Confira algumas dicas de como Quitar Dívidas de forma segura

Dica 01 de como Quitar Dívidas

A primeira regra é a adaptação. Para todas as outras regras que serão tratadas aqui, são necessárias pensar se elas realmente serão cabíveis ao seu cotidiano.

É uma boa estratégia seguir dicas de amigos, matérias e revistas, mas não há como “impor” um regramento que vá te causar ainda mais problemas. Pensando nisso, a primeira dica é a adaptação das dicas!

Tente fazê-las funcionar de seu modo. Lembrando que a adaptação não significa deixar de ter um rigor na educação financeira.

É pensando nisso que a segunda dica foi elaborada para lhe auxiliar a Quitar Dívidas

Dica 02 de como Quitar Dívidas

A segunda dica é seguir seus planos com rigorosidade. Caso tenha feito planos para guardar “X reais” em “X meses” para conseguir pagar o cartão de crédito, por exemplo, tente o máximo seguir seus planos.

Para lembrá-lo desses planos, cole bilhetes, faça uma planilha e use a criatividade para estar sempre em contato com o combinado. Quanto mais visual forem esses lembretes, melhor!

Dica 03 de como Quitar Dívidas

A terceira dica é tentar evitar ao máximo o uso de cartão de créditos. A pior ferramenta para quem não tem controle financeiro é a tentação do parcelamento: “não posso perder a promoção desse ursinho de pelúcia gigante com 20% de desconto”.

Bom, talvez você não precise tanto assim de um ursinho de pelúcia gigante com tanta necessidade, não?

Deixe o cartão de crédito apenas para em casos de emergência como remédios, manutenções, etc.

Dica 04 de como Quitar Dívidas

A quarta dica, e que de alguma forma se relaciona com a terceira, é sempre que for precisar comprar algo (lembre-se, coisas que são necessárias, não vão querer aumentar o montante da dívida), pagar à vista.

Muitos não sabem, mas ao passar o produto no caixa e perguntar as formas disponíveis de pagamento “cartão ou à vista?”

há grandes possibilidades de conseguir um desconto. Isso porque para o vendedor, é muito mais rentável o pagamento à vista, pois ele não vai ter custos adicionais da utilização da máquina de cartão.

É por isso que você deve pedir um desconto, ou na língua brasileira, dar “aquela choradinha”.

Dica 04 de como Quitar Dívidas

A quinta dica refere-se à elaboração dos planos. Sempre planeje, em forma de porcentagem, o quanto do seu salário será destinado a qual fim, principalmente se a dívida tiver se acumulado bastante.

Não esqueça de incluir nessas porcentagens uma parcela que será destinada ao seu uso pessoal: para gastar nos fins de semana, pedir uma pizza, etc. (geralmente 10% do salário).

Lembrando que, dependendo da urgência do pagamento das dívidas, a porcentagem do seu salário que será destinado à quitação deverá ser aumentada.

Muitos cartões de créditos são reconhecidos por terem uma taxa de juros absurda, por exemplo, e se esse for o seu caso, fique sempre de olho.

Leia também: 

Como organizar as finanças e economizar 

Comece o próprio negócio agora mesmo!

Nós do Consulta Financeira temos como objetivo trazer as principais informações financeiras aos nossos leitores. Não possuímos nenhum vinculo com bancos ou instituições financeiras.